Subscribe via RSS Feed

Poker, um jogo “hard”.

[ 0 ] 23/06/2008 |

Ontem a noite joguei o tradicional freeroll US$ 100 exclusivo para brasileiros no Everest Poker. Com um pouco mais de 1.000 participantes, premiava o primeiro com US$44,00 e o 100º com US$0,30.

Acredito que não tenha dado muita sorte neste torneio. Fiz mãos mostruosas e mesmo assim fui eliminado cedo. As seguintes quatro mãos foram minha história no torneio:
Recebo As7s em middle position, blind em 5/10 (algo como terceira mão). Outros já tinha aberto o pote de limp e entrei na onda. Flop A37 rainbow, fazendo dois top pairs. Ou seja, flopei um mostro! Aposto metade do pote (algo como 40) e um ou dois pagam. Vem uma carta bêbada e aposto novamente a metade do pote, algo com 120 e um paga. No river vem um 2. Aposto novamente 240 e um cara coloca 360. Volto 760 e o cara paga. Vejo um infame 22 na mão do cara, me deixando com apenas 180 fichas.

Vejo alguns flop e quando estou apenas com 80 fichas dou all in pré-flop no UTG+1 com KsQs, abrindo o pote. “Apenas” 5 pagam. Flop K9x. Vibro achando que estava “quase” nuts. Um aumenta bastante, os outros correm e vejo triste um Kc9c na mão do cara. Mas não é que vem no turn uma Q salvadora! Fico com 480 fichas!!
Vejo outro flop e com JhTh e o flop é xxJ, aposto o pote e um paga, vou all in no turn e o cara corre. Fico com 850 fichas!

Na próxima mão, com blind em 15/30. Tenho Ah5h. Um cara no UTG+1 entra de limp e eu pago em middle position. Mais uns três entram no pote. Flop AQ3. Um cara no SB aposta 30 e eu pago. No turn bate um 5!!! Maravilha!!! Aposto uns 150 e o cara volta 450, vou all in e o cara paga mostrando AQ. Putz, que azar um cara entrar de limp com AQ… Paciência, freeroll é assim mesmo.

Vamos ver se no próximo domingo tenho mais sorte, se pelo menos eu não “acerto” o flop desta maneira, sendo sempre a segunda mão…

Valeu!

Tags: ,

Seção: Discussão de Mãos, Torneios

Deixe seu comentário




Se você quiser um avatar, faça login para editar seu perfil.